história

ooolha o mate!

Foi um trabalho daqueles fazer a nossa receita de mate. Como apreciadores do mate de galão, ficamos uma semana na praia de Ipanema pegando sol e experimentando os mates que passavam por nós.

Depois de conhecer o verdadeiro sabor do mate praiano, fomos atrás das melhores ervas para fazer do nosso jeito: natural e sem aditivos químicos. Pegamos o frutomóvel e viajamos até o Sul do país. Lá, descobrimos cortes de ervas incríveis e segredos para deixar o mate ainda mais gostoso. Na volta, passamos por São Paulo e fizemos uma parada na nossa fazenda predileta de limões Tahiti.

A receita ficou tão original e diferente de tudo o que tem por aí, que o chá mate com suco de limão integral virou o xodó da do bem™.

E, como em todas as nossas bebidas, você não vai encontrar aromas artificiais de limão, corantes ou conservadores (e nem chuva para estragar a sua praia no final de semana).

Se estiver pela praia de Ipanema, perto do Coqueirão, pergunte pelo mateiro Joeser. Foi o melhor mate de galão que bebemos durante nossas pesquisas.

ingredientes

de olho nos rótulos

ingredientes

erva mate, água, suco de limão
tahiti e açúcar orgânico

de onde vem

das fazendas mais
charmosas do Paraná

Uma quantidade generosa de erva mate paranaense e alguns limões paulistas: parece até história de amor, mas é simplesmente a nossa receita para uma das plantinhas mais populares do país. 80% da produção mundial de erva mate vem do Brasil e não é que até lenda ela tem? Conta a história que foi um enviado do Deus do Bem que apresentou a tal ervinha a uma tribo indígena como forma de agradecimento. Aí nos perguntamos: será que hoje a lenda se repete? ;)

se perdeu?